1ª fase – 3º jogo: Resende vence Tupi-MG com estádio vazio

Mesmo com o time desfalcado, sem seus principais jogadores, o Resende bateu o Tupi-MG, líder do grupo A6, por 1 a 0, na tarde deste domingo, no estádio do Trabalhador, em Resende, interior do Rio de Janeiro. O único gol da partida saiu dos pés do meia Hiroshi e foi comemorado por pouco mais de 200 torcedores.

O resultado do confronto fez o Resende respirar, pois ainda não tinha pontuado no campeonato. A equipe fluminense se mantém na 3ª posição, com três pontos. Já os mineiros permanecem na ponta da tabela, com seis pontos.

Na quarta rodada, no próximo domingo (14) o Tupi-MG folga e o Resende joga, mais uma vez em casa, no estádio do Trabalhador, contra o Araxá, às 15h.

Resende vence líder do grupo A6, o Tupi-MG, no estádio do Trabalhador

Anfitriões dominam, mas visitantes dão trabalho

O Resende teve controle, quase total, no primeiro tempo. A equipe manteve a estratégia declarada pelo técnico Paulo Campos antes da partida e correu para o ataque. E aos 26 minutos, depois de um cruzamento pela direita e falha da zaga, a bola caiu nos pés de Hiroshi, que não desperdiçou a chance e bateu para o fundo da rede adversária.

No segundo tempo, o Tupi-MG acordou e pressionou muito o Resende, principalmente o goleiro Arthur. A equipe mineira, com quatro atacantes em campo, criou mais chances de finalização, mas não teve êxito. Para complicar mais a vida do Resende, o zagueiro Marcelo recebeu dois cartões amarelos e foi expulso nos últimos minutos de jogo, que foram sofridos para os donos da casa. Mesmo assim, conseguiram segurar o placar até o fim.

Fonte: Revista Placar, Jornal dos Esportes, Jornal do Brasil, Jornal o globo, Tribuna de Minas e Arquivo Pessoal Márcio Guerra