2013: Avô ganha R$ 430 mil por ter apostado em 1998 que neto chegaria à seleção

Harry Wilson ao lado de Bellamy, que está dando adeus à seleção galesa

O avô do meia Harry Wilson, do Liverpool, ganhou 125 mil libras (R$ 430 mil) por uma aposta feita no futuro do jogador em 1998 e adiantou a aposentadoria. Quando Harry tinha pouco mais de um ano, Peter Edwards se dirigiu a uma agência  e apostou 50 libras (R$ 172) que seu neto um dia jogaria na seleção galesa. A estreia aconteceu nesta terça-feira, no empate por 1 a 1 com a Bélgica, pelas eliminatórias para a Copa de 2014. Para desespero de Peter, a entrada em campo aconteceu apenas aos 42 minutos do segundo tempo.

– Eu estava desesperado porque tive que esperar uns 85, 86 minutos antes de ele entrar porque já tinham realizado duas substituições e achei que ele não conseguiria. Quando entrou, tomei mais uma taça de vinho. Sou um avô orgulhoso – brincou Edwards em entrevista à rede BBC.

Com 16 anos e 207 dias, Wilson se tornou o jogador mais jovem a defender a seleção galesa, superando Bale, que hoje é o homem mais caro da história do futebol. A entrada precoce na equipe principal aconteceu porque a Inglaterra tentava convencê-lo a defender o English Team.

O dinheiro fez com que Peter, de 62 anos, adiantasse a aposentadoria, que iria acontecer no ano que vem.

–  Minha esposa está na lua. Me aposentei imediatamente. Disse para o meu chefe que se Harry jogasse eu não voltaria.