2013: Camisa rasgada e uniforme com esparadrapo

 

Rio Branco improvisa número da camisa com esparadrapo

Lanterna do Grupo A da Série C, com seis derrotas seguidas na competição, o Rio Branco não passa por um bom momento dentro de campo. Fora dele, a situação também é complicada. Com o aumento no número de jogadores no banco de reservas,o time precisou encontrar um jeitinho para a numeração das camisas no jogo contra o Sampaio Corrêa, na Arena da Floresta. Como o Rio Branco só tinha uniformes vermelhos até o número 18, precisou improvisar o restante com esparadrapo. Como se não bastasse, um torcedor com nariz de palhaço, revoltado com a campanha do Estrelão na competição, rasgou a sua camisa do clube enquanto reclamava da atuação do time dentro de campo na derrota de 3 a 0 para o Sampaio Corrêa.

Torcedor rasga camisa do Rio Branco após sexta derrota na Série C