2013: Goleiro do América-RN reclama de bafo de Valdívia

Uma inusitada rivalidade entre Valdivia e o goleiro Andrey foi o ponto mais interessante, atraente e diferente do morno empate sem gols entre Palmeiras e América-RN na tarde deste sábado (28), no Pacaembu. Teve de tudo. Desde soberba do meia até reclamação sobre seu bafo. Sim, bafo, mau hálito! Só faltou um puxar o cabelo do outro. Quase uma baixaria, mas que chamou mais atenção do que o jogo.

Já nos primeiros minutos, os dois tiveram o primeiro encontro. Pé de um no calcanhar do outro, e as provocações tiveram início. Valdivia disse que jogava em time grande. Andrey, com sua chamativa camisa laranja, respondeu que o chileno não faria gol nele. E, em conversas mais íntimas, mais próximas, o goleiro sugeriu que o adversário comprasse uma escova de dentes. Que coisa!

Com o artilheiro Leandro e alguns outros jogadores em atuações piores do que as habituais, o líder do campeonato atuou como se estivesse cansado da Série B. Sabe que vai subir a qualquer momento, e não vê a hora disso acontecer. Depois de um primeiro tempo em que o Verdão, de branco, só atacou, também ficou a impressão de que o gol seria como o acesso. Viria mais cedo ou mais tarde.

Só que o América melhorou demais, teve chance até de vencer. E no fim, o 0 a 0 acabou retratando com perfeição os 90 minutos de futebol no Pacaembu.

As duas equipes voltam a campo na próxima terça-feira, às 21h50. O Verdão, absolutamente tranquilo na liderança, vai a São José do Rio Preto enfrentar o Oeste, que tenta se distanciar mais da zona de rebaixamento. Já o América, ainda mais próximo dos quatro últimos, receberá o Bragantino em Natal.

Fonte: Revista Placar, Jornal dos Esportes, Jornal do Brasil, Jornal o globo, Tribuna de Minas e Arquivo Pessoal Márcio Guerra