2013: Torcida de time da MLS compra a briga contra a homofobia

Os torcedores do Portland Timbers, da MLS, decidiram levantar a bandeira – literalmente – contra o preconceito sexual. Eles aproveitaram a última partida da equipe dentro de casa, antes do Dia Mundial contra a Homofobia, dia 17 de maio, para fazer um mosaico que formava as cores da bandeira gay, nas cores do arco-iris, e ainda deixaram a seguinte mensagem: orgulho, não preconceito.

Essa foi apenas mais uma manifestação a favor do movimento gay no esporte americano. Jason Collins, na NBA, e Robbie Rogers, bi-campeão da MLS com o Columbus Crew e que estava no Leeds, da Inglaterra, assumiram a homossexualidade no início do ano.

Na semana passada doi a vez de o jogador de futebol americano Kevin Grayson, campeão universitário por onde passou e promessa da NFL, tornar pública sua opção sexual nesta semana, em entrevista à emissora local “CBS”.

A manifestação ocorreu no último domingo, na vitória por 3 a 0 sobre o Chivas, dos Estados Unidos. Wallace, Valeri e Johnson marcaram os gols da vitória do Portland.