2014: Minas 3 x 1 UFJF

POR BÁRBARA RIOLINO

A equipe da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) estreou com derrota na edição 2014/2015 da Superliga Masculina de Vôlei, ocorrida na tarde deste sábado, na Arena Minas, em Belo Horizonte. A partida isolada valeu pela terceira rodada da competição nacional. O time do Camponesa/Minas Tênis Clube venceu os juiz-foranos por 3 x 1, com disputa acirrada entre as equipes nos dois últimos sets.

A partida começou com muitos erros da UFJF, o que facilitou a vitória do Minas nos dois tempos técnicos – 8 x 5 e 16 x 9 – e no encerramento do set por 25 a 17. O segundo começou da mesma forma, com a continuação dos tropeços dos juiz-foranos. Mais uma vez, o time da capital venceu os dois tempos técnicos – 8 x 5 e 16 x 12 – encerrando em 25 a 21, abrindo vantagem de 2 sets a zero.

O clima no terceiro set foi diferente para a equipe da UFJF. Com três substituições e ajustes no time, os juiz-foranos conseguiram equilibrar a disputa e abrir o placar, vencendo os dois tempos técnicos – 5 x 8 e 11 x 16. Com os belorizontinos desestabilizados e errando os passes, a UFJF saiu vencedora e encerrou o terceiro set em 25 a 23.
A Federal entrou em quadra mais otimista e confiante para o quarto set e, novamente, venceu os dois tempos técnicos – 5 x 8 e 15 x 16. A diferença foi que a equipe do Minas reagiu, deixando a competição mais acirrada. Com disputa de ponto a ponto, a equipe da casa venceu o último set por 26 a 24, encerrando a partida em 3 sets a 1.

Esse foi o quarto confronto entre os dois times nesta temporada. O placar e o desempenho foram os mesmos do último encontro, ocorrido na semifinal do Estadual, no dia 17 de outubro, em Contagem, quando os minastenistas levaram a melhor por 3 sets a 1, em partida na qual a Federal chegou a sair na frente, mas levou a virada.
O próximo confronto da UFJF na Superliga acontece no dia 5 de novembro, em Juiz de Fora, contra a equipe Brasil Kirin/Campinas. O objetivo da Federal na Superliga 2014/2015 é alcançar, pela primeira vez em sua história, a disputa dos playoffs. Para chegar à segunda fase, a UFJF precisa terminar entre os oito primeiros colocados entre os 12 times que disputarão a primeira etapa do torneio, em turno e returno.

Além dos juiz-foranos e do Minas, disputam a maior competição do vôlei brasileiro os mineiros Sada/Cruzeiro e Montes Claros; os paulistas Brasil Kirin/Campinas, Sesi, São Bernardo do Campo, Taubaté/Funvic e São José dos Campos; os gaúchos Canoas e Vôleisul/Paquetá; e o paranaense Ziober/Maringá.