2014: Santos elimina Botafogo da Libertadores em 1963

Aos 15 minutos de jogo estava decidido o segundo Botafogo e Santos pela
Taça Libertadores, pois Pelé marcara dois tentos e o Santos dominava
francamente. Aos 33 minutos, o Rei fez seu terceiro goal. O placar
terminaria mostrando 0 a 4 (lima marcou o último tento). Nos 45 minutos
iniciais, os torcedores puderam ver o ídolo mundial Édson Arantes do
Nascimento. O rencontro do craque com o público carioca foi cheio de
gentilezas, pos Pelé caprichou nas suas intervenções e recebeu continuados
aplausos por seus feitos. Naturalmente uns poucos ficaram aobrrecidos, mas,
quando entra Pelé, não se pode pensar em clubismo ou regionalismo, ( O
GLOBO 29 de agosto de 1963)

Fonte: Revista Placar, Jornal dos Esportes, Jornal do Brasil, Jornal o globo, Tribuna de Minas e Arquivo Pessoal Márcio Guerra