Abaixo a física, viva Zé do efeito!