Argentinos concordam com prisão em caso de racismo

O Clarín, jornal de maior circulação na Argentina, destacou o incidente na home de seu site e ainda fez uma enquete. Até as 19 horas de ontem, 15.591 pessoas já haviam respondido a pergunta: É certo prender um jogador por agredir com termos racistas um rival durante a partida? 9.620 (ou 61,7%) disseram que sim.