Ataque alvinegro desencanta, e Guará e Tupi-MG empatam na Série C

Na briga pelo G-4 da Série C do Campeonato Brasileiro, Guaratinguetá e Tupi-MG fizeram uma partida equilibrada pelo Grupo B e terminaram empatados na tarde deste sábado, no Estádio Dario Rodrigues Leite, em jogo válido pela 12ª rodada. Artilheiro da Série C, Ytalo fez o oitavo gol na competição e abriu o placar para os donos da casa no primeiro tempo. Na etapa complementar, Chico fez o primeiro gol de um atacante do Tupi-MG no campeonato e deixou tudo igual, dando números finais à partida.

Com o resultado, o Tupi chega ao sexto empate na Série C, o quinto nos últimos seis jogos, e soma 19 pontos na tabela. Ainda fora do G-4, o Guará tem 16 pontos.

Na 13ª rodada, o time paulista enfrenta o Duque de Caxias, no sábado, às 16h, no Estádio Romário Faria. No domingo, também às 16h, o compromisso do Tupi é diante do Caxias, no Estádio Centenário.

O JOGO

A invencibilidade de seis partidas permitiu ao Tupi iniciar o confronto bastante tranquilo e chegando com mais perigo ao ataque. Nos primeiros minutos de jogo, os mineiros quase abriram o placar em duas finalizações perigosas. Uma foi por cima do gol e a outra parou em Felipe Alves.

Após os sustos, o time paulista passou a ocupar melhor os espaços no campo e chegou com perigo com Nadson, que desceu pela direita e obrigou o goleiro Rodrigo a trabalhar. Embora os visitantes fossem mais objetivos, foi o Guará que dominou e tocou melhor a bola, superioridade que se refletiu no placar. Aos 34, Ytalo recebeu na intermediária e, com espaço, acertou um belo chute de fora da área no ângulo esquerdo do goleiro alvinegro para abrir o placar: 1 a 0 na primeira etapa.

O Tupi retornou para o segundo tempo pressionando a saída de bola do Guaratinguetá e dando indícios de que dificultaria a vida do time da casa. Aos 14, Maguinho recebeu na grande área e acertou o travessão. Nos dois lances seguintes, os comandados de Léo Condé novamente pressionaram em cobranças de escanteio, mas, bem colocado, Felipe Alves manteve o perigo longe do gol.

Após a pressão carijó no início da segunda etapa, o Guará começou a sair mais para o jogo, e foi justamente quando a equipe mineira chegou ao gol de empate. Aos 27 minutos, o atacante Chico recebeu da esquerda de Raphael Toledo e bateu de fora da área. A bola desviou na zaga e enganou o camisa um da equipe paulista. Foi o primeiro gol marcado por um atacante do Tupi-MG na Série C. Após o empate, o jogo ficou mais aberto, com as duas equipes tentando a vitória. No último lance do jogo, após bobeada da defesa paulista, Chico teve nova oportunidade. O atacante recebeu bola rolada da linha de fundo na altura da marca do pênalti e emendou de primeira, mas o chute passou ao lado da trave direita.

Fonte: Revista Placar, Jornal dos Esportes, Jornal do Brasil, Jornal o globo, Tribuna de Minas e Arquivo Pessoal Márcio Guerra