Com som de motor e luzes, Honda reproduz volta de Senna em Suzuka

Honda faz homenagem a Ayrton Senna

Luzes, sons, arrepios. Ayrton Sennanovamente dá uma volta rápida no circuito de Suzuka (Japão), palco onde conquistou seus três títulos mundiais da Fórmula 1. Trata-se de um interessante comercial da Honda, que faz uma homenagem ao piloto brasileiro. A montadora japonesa, que voltará a fornecer motor para a McLaren a partir de 2015, aproveitou o frisson causado nos fãs da categoria pela reedição da parceria que fez história na F-1, para lançar uma campanha publicitária exaltando os feitos de Senna, da tecnologia da Honda e do time britânico.

Montadora japonesa Honda distribuiu caixas de som por todo circuito para reproduzir volta

Vídeo reproduz pole de Senna em 1989

A partir dos dados de telemetria recolhidos da volta anotada por Ayrton Senna no treino classificatório do GP do Japão de 1989, no qual o piloto anotou o recorde da pista na ocasião (1m38s041), a Honda reproduziu a façanha do brasileiro nos dias de hoje. Para isso, distribuiu alto-falantes e holofotes por todo o circuito. O ronco do motor da McLaren MP4/5, carro com o qual o brasileiro foi vice-campeão de 1989, percorre a pista, acompanhado por feixes de luz, que representam a passagem do carro.

Show de luz e som no comercial que faz homenagem a Ayrton Senna

Comercial exalta revolução imposta pela telemetria

A peça chamada “Sounds of Honda” (Sons da Honda) relembra que o sistema de telemetria – tecnologia que coleta e analisa dados, como aceleração, frenagem e motor – revolucionou o automobilismo e foi introduzido na F-1 pela montadora japonesa na década de 1980, mudando os paradigmas da categoria. O vídeo termina com o seguinte slogan: “A tecnologia que um dia apoiou Senna, agora para sua perfeita experiência de dirigir”.

Palco não poderia ser melhor para tributo: Suzuka, onde Senna conquistou seus três títulos

Suzuka, em 1989, foi palco de batida polêmica entre Prost e Senna

Curiosamente, a corrida deste GP do Japão de 1989 foi marcada por uma das maiores polêmicas da história da Fórmula 1, em um episódio envolvendo o tetracampeão Alain Prost. O brasileiro tentava se manter na briga pelo título daquele ano, enquanto o francês poderia se tornar campeão antecipado. Disputando a ponta, Prost fechou a porta e forçou um choque com Senna, tentando tirar os dois da prova e garantir a taça. Ajudado por fiscais, Ayrton conseguiu voltar à pista, foi para os boxes trocar o bico, ultrapassou todos os competidores e venceu. Entretanto, foi excluído pela direção de prova, que alegou ilegalidade no corte da chicane no momento do incidente.

GP do Japão de 1989 foi marcado por polêmica entre Alain Prost e Ayrton Senna

Clique AQUI e confira o vídeo da homenagem da Honda a Ayrton Senna