“Compramos o Kaká a preço de banana”