Corinthians: De volta pra casa

Após 106 dias presos na Penitenciária de San Pedro, em Oruro, os sete
corintianos libertados na quinta-feira pela Justiça da Bolívia chegaram a
São Paulo na tarde deste domingo com sensação de alívio por estarem de
volta, mas também de apreensão pelo futuro dos outros cinco que permanecem
detidos, acusados de participação na morte do garoto Kevin Espada, atingido
por um sinalizador marítimo durante jogo entre San José e Corinthians, no
dia 20 de fevereiro, pela Libertadores.