“Dia da Independência Corintiana”

 

Vereadores de São Paulo aprovaram a transformação do 4 de julho no “Dia da Independência Corintiana”. A lei é uma homenagem à conquista da Copa Libertadores da América em 2012 e passa a ser o terceiro dia oficialmente dedicado ao time no calendário da cidade.

A homenagem foi publicada pela Câmara de São Paulo nesta quarta-feira (15), dia em que o clube jogará sua classificação contra o Boca Juniors, da Argentina, time sobre o qual ganhou sua primeira Libertadores em 4 de julho do ano passado.

O projeto foi feito pelos vereadores David Soares (PSD), Goulart (PSD) e Juscelino Gadelha (PSB) e promulgado pelo presidente da Casa, José Américo (PT).

“A data deve ser comemorada anualmente, pois trouxe a libertação do Corinthians Paulista e principalmente de sua fanática torcida que acompanhou a conquista com intensidade, lágrimas, expectativa e muita alegria”, afirmaram os autores na justificativa do projeto.

Trata-se de mais uma data que homenageia o clube. No calendário da cidade, o dia 1º de setembro já é considerado o “Dia do Corinthians”. Nesta data o clube foi fundado em 1910. Já o dia 13 de outubro é considerado o “Dia do Torcedor Corinthiano”.

“Nós fomos campões na quarta-feira. Na quinta-feira cheguei à Câmara e os vereadores David Soares e Juscelino vieram com esse projeto pronto pedindo para eu assinar junto com eles. [É uma resposta] à opressão que o torcedor corintiano sofreu dos são-paulinos, palmeirenses, santistas que diziam que não tínhamos o passaporte carimbado”, disse Antonio Goulart.

“Isso não causa nenhum custo à Câmara Municipal é nem à municipalidade. [É uma homenagem] àquelas pessoas que foram a todos os jogos da Libertadores e do Mundial. Homenageia a nação corintiana, que durante décadas e décadas procurou seu lugar ao sol fora do Brasil”, afirmou o vereador.

No calendário de datas comemorativas paulistanas, o dia 4 de julho já é o dia do “telemarketing”. A data da “Independência Corinthiana” é também a da Independência dos Estados Unidos, conquistada em 1776.