Diarreia mental

Por Eduardo Jordão
  Armando Marques, que hoje comanda a arbitragem brasileira e que, em 1999, suspendeu o árbitro Paulo César de Oliveira afirmando que este sofria de ´´diarreia mental“, já teve, ele mesmo, ´´problemas intestinais na cabeça“ por assim dizer.
  No campeonato Paulista de 1973, a decisão entre Santos e Portuguesa foi para os pênaltis. Três penais batidos de cada lado, o Santos converteu dois e a Lusa, nenhum. Faltavam duas cobranças e, portanto, a Portuguesa ainda podia chegar ao empate. Armando Marques, juiz da decisão, errou nas contas e deu a vitória pro Santos. Esperta, a Lusa deixou o Pacaembu o mais rápido que podia.
  Graças a Armado Marques, o campeonato paulista de 1973 acabou com 2 campeões.