Estratégia

 Longo prazo
– Diferente de tática:
Estratégia: rumo geral que um evento toma fim de atingir seus objetivos, inalterado;
Tática: são as manobras detalhadas ou programas que levam a estratégia a cabo, sujeita às mudanças de acordo com as condições do mercado;
– Baseada na análise dos recursos internos e ambientes externos
– Essencial à sobrevivência
Passo 1: Definição da Missão e dos Objetivos
 
Ponto de Partida para qualquer planejamento estratégico
– Descobrir as forças que influenciam a missão a fim de conferir ao evento a visão para o futuro e os rumos mais gerais para se chegar lá.
– O objetivo de longo prazo é continuar a oferecer o evento numa base anual.
Passo 2: Análise C-Pest e Swot
 
 As estratégias são formuladas para tirar proveito das oportunidades e neutralizar as ameaças, identificadas na análise  cuidadosa das atividades da concorrência, dos ambientes político, econômico, sócio-cultural e tecnológico nos quais o evento ocorre, e dos recursos internos da organização.
– Etapa 1:
Análise da concorrência: identificar as forças que influenciavam a atividade da concorrência:
1) Fornecedores: Locais, artistas e recursos materiais (fortalecimento de vínculo a longo prazo a fim de assegurar a continuidade do fornecimento a preços razoáveis necessários para reedição do evento)
2) Compradores: possuem a sensibilidade de preços dos valores estabelecidos para o evento.
3) Novos concorrentes: ameaça no mercado com atividades similares. Importante manter  os principais patrocinadores satisfeitos com os resultados do evento.
4) Substitutos: garantir que o consumidor está comprando um pacote de benefícios (entretenimento). Como evitar: oferecer uma atividade ímpar para um segmento de mercado adequado.
Etapa 2:
Análise de ambiente: identificar estratégias que possam tirar proveito das oportunidades e neutralizar as ameaças, a fim de alcançar os objetivos de marketing do evento
1) Ambiente político: estratégias que mantenham a cooperação para patrocínio, principalmente nas mudanças de governo;
2) Ambiente econômico: trazer o melhor em talento (missão), dentro de um orçamento cada vez mais apertado para pagá-lo.
3) Ambiente sócio-cultural: porte e variedade dos grupos culturais do mercado-alvo; mudanças no estilo de vida, na composição familiar, nos padrões de trabalho, etc;
4) Ambiente tecnológico: as inovações tecnológicas podem causar impactos como opção de lazer;
5) Ambiente artístico: caracterizado por mudança constante, à medida que novas expressões são desenvolvidas.
Etapa 3:
 
Recursos internos: analisar os recursos humanos, materiais e financeiros.
1) Recursos Humanos: analisar o número e tipo de funcionários e voluntários disponíveis;
2) Recursos Materiais: bons equipamentos tangíveis e intangíveis;
3) Recursos Financeiros: disponibilidade de um volume de capital com recursos do governo e dos patrocinadores.
Etapa 4:
Análise SWOT: analisar as forças, pontos fracos, oportunidades e ameaças para poder atingir os objetivos do marketing.
Passo 3: O Mercado-alvo
 
 As características do mercado-alvo influenciam as estratégias e táticas empregadas para atingir os objetivos de marketing
– Deve-se analisar as diferentes ofertas da variedade de produtos oferecidos que compõem um evento.
Passo 4: Estratégia de Marketing
 
Estabelecer resultados definidos e mensuráveis através da análise cuidadosa das necessidades do mercado, da capacidade da organização e das oportunidades.
– Lacuna de mercado: quando certos grupos importantes que compõem a diversidade da população não estão sendo atendidos pelas ofertas adequadas de produtos.
Passo 5: O Mix de Marketing
 
 Deve-se criar um mix de marketing consistindo de produtos que atendam às necessidades dos consumidores, que tenham preços apropriados, que sejam promovidos de forma tal que os consumidores potenciais estejam informados quanto a esses produtos, estejam motivados para comprar e tenham acesso aos ingressos
– 4 Ps –> 7 Ps (Tática de Marketing: são os detalhes da execução da estratégia)