Fluminense campeão carioca sub-20

O Flamengo ganhou, mas não levou. Mesmo com um time de reservas e juvenis
– os principais jogadores tricolores e até o técnico fazem excursão pela
Europa -, o Fluminense conquistou sem grandes sustos o bicampeonato carioca
sub-20. Depois da vitória por 3 a 0 na primeira partida da final, a equipe
comandada neste sábado, em Moça Bonita, pelo auxiliar Edevaldo Freitas,
lateral reserva de Leandro na Copa do Mundo de 1982, apenas administrou a
vantagem. O Flamengo venceu só por 1 a 0, gol de Fernandinho. O clube das
Laranjeiras tinha sido o campeão da Taça Guanabara, enquanto os
rubro-negros venceram a Taça Rio.
A campanha do Flamengo no campeonato foi de 16 vitórias em 20 jogos, com
duas derrotas e dois empates, 50 gols pró e 16 contra. O Fluminense
sustenta números parecidos: 14 vitórias em 20 jogos, com quatro empates e
duas derrotas, 48 gols pró e 19 contra. Os artilheiros da competição foram
Douglas Baggio, do Flamengo, e Yguinho, do Botafogo, ambos com 10 gols. Com
nove, Bernardo, do Bangu, ficou em segundo. O tricolor melhor colocado na
lista foi Zé Lucas, com sete gols.
Na partida deste sábado, em Moça Bonita, os tricolores tiveram o reforço
do lateral-direito Wallace, dos profissionais, mas não puderam contar com
Biro Biro, atacante que marcou dois gols no primeiro jogo da decisão. A
equipe reserva dos juniores teve também a presença dos juvenis Robert e
Bonilha. O time principal da categoria e o treinador Marcelo Veiga estão na
Europa para disputa de amistosos e um torneio na Holanda.

Fonte: Revista Placar, Jornal dos Esportes, Jornal do Brasil, Jornal o globo, Tribuna de Minas e Arquivo Pessoal Márcio Guerra