Grupos da Copa do Mundo 2014

ITÁLIA, URUGUAI E INGLATERRA NO GRUPO DA MORTE

Se a seleção brasileira teve a sorte de fugir de um campeão mundial na primeira fase, três deles não tiveram a mesma sorte: Uruguai, Itália e Inglaterra caíram no Grupo D, junto com a Costa Rica, e compõem o “grupo da morte” desta Copa do Mundo. Outra chave complicada é a G, na qual Alemanha, Portugal, Gana e Estados Unidos se enfrentam.

ARGENTINA E FRANÇA TÊM CAMINHO ACESSÍVEL

Por outro lado, outras seleções tiveram um caminho mais acessível. A Argentina caiu no Grupo F, com Bósnia, Irã e Nigéria. A França está no E, ao lado de Suíça, Equador e Honduras.

Por fim, Colômbia e Bélgica, duas das cabeças de chave menos cotadas, também conseguiram chaves relativamente tranquilas. Os sul-americanos estão no Grupo C, com Grécia, Costa do Marfim e Japão, enquanto os belgas pegam Argélia, Rússia e Coreia do Sul.

Cafu participa do sorteio da Copa

HOMENAGEM A MANDELA ANTECEDE SORTEIO

Antes dos grupos serem conhecidos, a cerimônia começou com um minuto de silêncio em homenagem ao ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, morto na quinta-feira. A presidente do Brasil, Dilma Rousseff, e o mandatário da Fifa, Joseph Blatter, discursaram. Houve ainda shows de Alcione, Emicida, Vanessa da Matta, Alexandre Pires e uma apresentação da Companhia de Dança Deborah Colker. Após o sorteio, a cantora Margareth Menezes encerrou a cerimônia.

– Eu acho que a Copa no Brasil tem um significado especial, porque, no Brasil, o futebol está em casa. O Brasil, como todos sabem, é o país do futebol. Ele está no coração de todos os brasileiros. Essa será a Copa das Copas, uma Copa para ninguém esquecer. Pela primeira vez, estarão reunidas na Copa todas as seleções campeãs, junto com times dos cinco continentes – disse Dilma.

Dilma e Blatter se cumprimentam na abertura do sorteio

Blatter, por sua vez, em referência indireta aos protestos vistos durante a Copa das Confederações, pediu para que os brasileiros se unissem no Mundial.

– O futebol é para fazer conexões e construir pontes. Pelo futebol, apelo à população do Brasil: através dessa Copa, unam-se. É para vocês, mas para todos os torcedores do mundo. É uma grande festa da Fifa para todo o Brasil. Será uma grande Copa. Naturalmente, será a maior de todos os tempos. Aproveitem o futebol e a vida – rogou Blatter.

Confira as informações da Seleção Brasileira clicando AQUI

Fonte: Revista Placar, Jornal dos Esportes, Jornal do Brasil, Jornal o globo, Tribuna de Minas e Arquivo Pessoal Márcio Guerra