JF Vôlei perde para Canoas pela Superliga

O Juiz de Fora Vôlei foi derrotado pelo Lebes Gedore Canoas na noite deste sábado, no ginásio da UFJF, em Juiz de Fora. O jogo, assistido por 313 pessoas, teve placar final de 3×1 (13×25, 25×21, 19×25 e 19×25). O prêmio VivaVôlei, dado ao melhor jogador em quadra, ficou com o oposto cubano Dennis, da equipe gaúcha.

Começaram jogando pelo JF Vôlei o levantador Mauricio, o oposto Leandrão, os ponteiros Djalma e Renato Hermely, os centrais Diego e Ninão e o líbero Fábio Paes. Entraram também os levantadores Felipe Hernandez e Tarik, o oposto Ricardo Faccin, o ponteiro Mark Plotyczer, o central Igor e o líbero Tatinho.

Para o levantador Mauricio, a equipe evoluiu durante a partida, mas o fato de o elenco ter sido formado recentemente ainda pesa: “Fizemos um primeiro set muito ruim, mas no restante da partida melhoramos. Estivemos bastante próximos de vencer, como no último jogo. O nosso time está em formação, temos um certo atraso em relação aos outros. Alguns jogadores, como eu, chegaram há algumas semanas. A questão do entrosamento ainda está pesando, mas ainda vamos evoluir muito na Superliga”.

O jogo poderia ter terminado com outro resultado, na opinião do oposto Leandrão, que, assim como Mauricio, vê a equipe em processo de entrosamento: “Hoje poderíamos ter arrancado outro 3×2, como na quinta-feira, ou até mesmo ter chegado à vitória. A equipe ainda está se encaixando, temos que seguir trabalhando e lutando. Jogo é jogo, e não tem nenhum fácil na Superliga. Se cada um de nós se empenhar mais, vai chegar uma hora em que o jogo vai encaixar. Independente da derrota ou da vitória, estamos juntos e lutaremos até o fim”.

Alessandro Fadul analisou a derrota, já com a cabeça no próximo jogo: “Começamos muito apáticos e fizemos um primeiro set ‘para esquecer’. Depois equilibramos as ações e chegamos ao empate. No terceiro set, o jogo estava desenhado a nosso favor, mas acabamos sofrendo seis pontos em sequência. Deixamos escapar por falhas nossas. Seguimos em evolução. Precisamos continuar crescendo para pontuar, para chegar às vitórias. É manter a cabeça no lugar e trabalhar, porque temos mais um confronto difícil na sexta-feira”

O time volta a quadra pela Superliga na sexta-feira, 20, quando vai a Bento Gonçalves (RS) enfrentar o Bento Vôlei.

Assessoria de imprensa Juiz de Fora Vôlei