Los Angeles Galaxy: Tem novo astro na galáxia…

Time de Los Angeles será a nova casa de Beckham a partir de 2007

Clube: Los Angeles Glaxy

Fundação: 1995

Cores: verde, dourado e preto

Dono: Anschutz Entertainment Group

Técnico: Frank Vallop

Endereço: The home depot center 18400 Avalon Blyd. Suite 200 Carson, CA 90746

Telefone: 1-877-342-5299

Estádio: The Home Depot Center

Estádio: The Home Depot Center

Capacidade: 27.000 torcedores

Site: http://la.galaxy.mlsnet.com

títulos: bicampeão da MLS Cup (2002 e 2005), bicampeão da US Open Cup (2001, 2005), bicampeão da MLS Supporters Cup (1998 e 2002) e campeão da Concacaf champions cup (2000)

Em apenas um dia o Los Angeles Galaxy passou de apenas mais um clube do fraco Campeonato Norte-Americano de Futebol para destaque nos principais jornais do mundo. Ele não foi campeão mundial, nem esteve envolvido em algum escândalo de arbitragem. Muito pelo contrário. Conseguiu essa façanha com apenas uma contratação. O inglês David Beckham deixou de ser um galáctico do Real Madrid para ser um galáctico em Los Angeles. Resta saber se fará mais sucesso nos campos ou em Hollywood.

A história do clube não é muito longa. Começou a ser escrita há apenas 12 anos, quando o Galaxy foi um dos dez fundadores da Major League Soccer (MLS). Durante sete anos a equipe mandou suas partidas no Estádio Rose Bowl, palco do tetracampeonato da Seleção Brasileira. Em 2003, passou a jogar em um estádio construído especificamente para a prática do futebol, o The Home Deport Center. Neste estádio, a torcida fez do Galaxy o time com maior média de público da MLS e o primeiro a terminar uma temporada com lucro.

A equipe já alcançou a final da MLS em cinco oportunidades (1996, 1999, 2001, 2002 e 2005), tendo levantado a taça nas duas últimas. A temporada mais vitoriosa foi a de 2005, quando conquistou também a US Open Cup, fato repetido por apenas outros dois times na história. O astro da companhia foi o jogador da seleção americana, Landon Donovan. O volante brasileiro Paulo Nagamura, revelado no São Paulo, também joga no time.

Assim como no Brasil e na Europa, as rivalidades nos Estadis Unidos são bem acirradas. Na década de 90 a briga foi com DC United, que relegou o Galaxy aos vice-campeonatos da Liga e, 1996 e 1999. Atualmente, o grande rival é o Chivas USA, com quem divide seu estádio. A superioridade do Galaxy no início da disputa fez o Chivas se reforçar para aumentar o nível do clássico. No melhor estilo “dormindo com o inimigo”, a disputa tem até nome próprio: “The Honda SuperClássico”. A montadora japonesa patrocina a partida e deve estar vibrando com a chegada de Beckham, que fez muito sucesso no mercado asiático e que agora busca rcuperar, perto das estrelalas de Hollywood, o brilho perdido em Madrid.

O VALOR DE UMA ESTRELA

Não seria exagero dizer que o dia 11 de janeiro de 2007 foi o mais importante da recente história do Galaxy. Neste dia, David Beckham oficializou seu compromisso de cinco anos com o time e, a princípio, se apresenta em julho, quando termina seu contrato com o Real Madrid. O atleta, no entanto, negocia a recisão de contrato desde que o técnico italiano Fábio Capello divulgou a notícia de que não pretendia mais escalar o jogador. Estima-se que Beckham receberá R$512 milhões em cinco anos, tornando-se assim o maior negócio esportivo da história do futebol nos Estados Unidos. O Real, por sua vez, deve perder R$ 96 milhões por ano, valor equivalente ao impacto do jogador na mídia. Isso porque o time espanhol possui 50% dos direitos de imagem do atleta…

Fonte: Revista Placar, Jornal dos Esportes, Jornal do Brasil, Jornal o globo, Tribuna de Minas e Arquivo Pessoal Márcio Guerra