Luta olímpica sai das Olímpiadas

O Comitê Olímpico Internacional (COI) indicou nesta terça-feira a exclusão da luta olímpica do programa das Olimpíadas de 2020. A decisão final será anunciada apenas em setembro, em Buenos Aires, durante a Assembleia do COI, depois da escolha da cidade sede – Istambul, Madri ou Tóquio. A luta não aparecia entre os mais “ameaçados”, já que é o terceiro esporte a distribuir mais medalhas: 72 – atrás apenas de atletismo (141) e natação (102). Um dos cotados para sair era o pentatlo moderno, modalidade em que a brasileira Yane Marques foi bronze em Londres 2012. Em Londres, o Brasil teve apenas uma representante na luta: Joice Silva, na luta livre. Ela perdeu no primeiro combate, para a russa Valeriia Zhobolova. Outros três brasileiros foram aos Jogos: Floriano Spiess (1988), Roberto Leitão (1988 e 1992) e Antoine Jaoude (2004).

Luta Olímpica não estará nas Olimpíadas de 2020