Megafoto: encontre você e seus amigos na reabertura do Beira-Rio

As imagens em alta definição capturaram cada movimento, chute e gota de suor dos jogadores de Inter e Peñarol, no amistoso de reinauguração do Beira-Rio, no domingo. Mas quem eternizará os quase 50 mil torcedores que estiveram presentes num jogo de tamanha proporção? É aí que entra a Megafoto. Um robô que mapeia e fotografa cada canto dos estádios de futebol mundo afora para que cada fã se reconheça e possa, inclusive, encontrar seus amigos por meio do Facebook. E que se fez presente no Gigante, no domingo de sol e dois gols de D’Alessandro. Quem estava sentado nas cadeiras novas em folhas do palco remodelado pode se orgulhar. Terá como provar que foi testemunha da história.

– A nossa intenção é eternizar o lado do torcedor. A TV, por exemplo, eterniza o evento. Mas e a torcida? Quem estava lá? Daqui a 30 anos, o João da Silva vai poder dizer que esteve lá no Beira-Rio – conta Daniel Lopes, que, dos Estados Unidos, comanda a empresa Megafoto, presente há quatro anos no mercado e que já fotografou mais de cem lugares com a tecnologia, sendo 80% estádios de futebol.

> Clique aqui e encontre você e amigos, marque a foto e compartilhe nas redes sociais

Megafoto da reinauguração do Beira-Rio

A tecnologia foi desenvolvida há cerca de dez anos, numa parceria da Nasa com uma universidade americana e uma empresa canadense. Virou febre em eventos esportivos. No caso do Beira-Rio, ela foi tirada de dentro do campo, num processo que levou 40 minutos e resultou em quase 1,2 mil fotos – que, depois, passaram por mais duas etapas: edição e programação.

A estrutura dos novos estádios brasileiros para a Copa do Mundo contribui na captação das imagens, uma vez que coloca o torcedor mais próximo do gramado, acredita Daniel, que também carrega o otimismo de bater o recorde de marcações na rede social com seu mais novo trabalho.

Até agora, a megafoto em que mais torcedores se encontraram foi na final da Copa do Brasil de 2013, entre Flamengo e Atlético-PR: 12 mil marcações. No total, mais de 7 milhões de pessoas já foram flagradas. A tarefa é facilitada por ser um registro em 360º e pela capacidade de se aumentar a imagem sem perder nitidez.

– Esse zoom mantém a qualidade da foto até dois quilômetros de onde foi tirada – sublinha Daniel.

Uma megafoto chega a ter 80 giga de tamanho, antes de ser reduzida para publicação. Confira outros trabalhos com a tecnologia em grandes jogos em: www.megafoto.org.