Mestre de Cerimônia

Mestre de Cerimônia

É um interlocutorque surge na transposição da pré-história para a história.

Na China, Japão e Coréia surge para anunciar cavaleiros, arqueiros e autoridades nas competições de arco e fecha.

Na Grécia e Roma surge em eventos em anfiteatros. Nos palácios era exigido de quem ocupasse o cargo inteligência, cultura, postura, discernimento, voz e bom senso.

No Mundo Antigo, anunciador, abria os espaços e chamava o povo para a passagem das autoridades.

Nas famílias feudais fazia parte dos serviços essenciais e era remunerado.

Os dez mandamentos

Postura

Serenidade

Segurança

Contornar imprevistos

Não gesticular demais

Zelo na leitura

Habilidade

Ritmo

Bom senso

Planejamento, Organização e Execução de Atividades

Reunião prévia

Definir funções

Local, data e horário

Identificar os responsáveis

Fechar valores, direitos e obrigações

Levantar dados para o roteiro

Elaborar roteiro ouvindo o chefe de cerimonial

Checar os itens do roteiro

Distribuir o roteiro para todos os envolvidos

Treinar o texto

Verificar palavras mais complexas

Testar os microfones

Infraestrutura

Relação de autoridades

Lista de convidados

Reserva de lugares

Nominatas

Alguns tipos que os mc costumam personificar

show man; político, religioso, porta-voz, apresentador, radialista, anunciador de luta marcial.