Obina perde pênalti e marca um no empate do América-MG com o Tupi

Um jogo de dois tempos bem distintos. Assim foi a partida de estreia de América-MG e Tupi, que empataram por 1 a 1, no Independência, na rodada de abertura do Campeonato Mineiro 2014. Melhor no primeiro tempo, o Tupi conseguiu sair na frente no placar. O time de Juiz de Fora ainda viu Obina, o estreante da noite, desperdiçar uma cobrança de pênalti. O atacante baiano só foi desencantar na etapa final, ao marcar, de cabeça, o gol de empate do Coelho. O time verde e preto do técnico Silas teve boas oportunidades de virar a partida, mas o empate acabou sendo um resultado justo no Horto, que recebeu público de 2.359 pagantes.

No próximo sábado, pela segunda rodada do estadual, o América-MG enfrenta o Tombense, às 17 horas (de Brasília), em Tombos. No mesmo dia e horário, o Tupi recebe o Minas Futebol em Juiz de Fora.

Pênalti perdido, e gol no contra-ataque   

Jogando em casa, o América-MG apostou em Obina com a camisa 10, mas o Coelho pouco assustou a meta do goleiro Gonçalves.  O técnico do Tupi, o ex-zagueiro Wilson Gottardo, armou o time para jogar fechado e sair em contra-ataque. Foi assim que a equipe de Juiz de Fora saiu na frente. Aos 19 do primeiro tempo, os jogadores do América-MG pararam para pedir falta em Obina, que ficou caido no setor ofensivo. O Tupi aproveitou o descuido para armar o contragolpe. O atacante Núbio Flávio avançou até a área e chutou. A bola bateu na trave esquerda antes de sobrar para o meia Miguel tocar para o fundo das redes de Mateus.

O Tupi ainda teve outras boas oportunidades para ampliar. No final do primeiro tempo, o América-MG teve uma grande chance para igualar o marcador. Obina foi derrubado por Hélder na área do Tupi. Pênalti marcado pelo árbitro Emerson de Almeida Ferreira. Na cobrança do próprio Obina, Gonçalves conseguiu desviar a bola que acertou a trave.

Obina desencanta   

No intervalo da partida, o América-MG mexeu. O técnico Silas sacou o atacante Wéverton e colocou Lucas Silva que deu outro ritmo ao Coelho. Aos sete minutos da etapa final, o Coelho conseguiu o gol de empate. Andrei Girotto foi lançado na grande área e cruzou para a cabeçada certeira de Obina. Foi o primeiro gol do atacante baiano com a camisa americana. Melhor no segundo tempo, Obina ainda teve chance de virar o placar, mas o goleiro Gonçalves conseguiu salvar o Tupi.

A partir daí, os dois times começaram a assustar nas cobranças de falta. O América-MG ainda esboçou alguma velocidade no setor de ataque, mas a equipe pecava na hora de finalizar. O Tupi ainda desperdiçou uma excelente oportunidade após a falha do zagueiro Lula. Da Silva avançou livre e, cara-a-cara com o goleiro Mateus, chutou para fora.  Em um contra-ataque, nos instantes finais, Henrique, do Tupi, cortou o lance com a mão e levou o cartão vermelho. O América-MG não aproveitou a cobrança da infração e terminou ficando no empate na estreia do Campeonato Mineiro.