Racismo: Fechado com o Tinga

A CBF se manifestou através do Twitter para apoiar o volante Tinga, do Cruzeiro, vítima de cânticos racistas por parte da torcida do Real Garcilaso, na última quarta-feira, pela Taça Libertadores, no Peru.

Além de publicar uma imagem com o escudo em preto e branco, a entidade pediu um mundo “sem racismo, preconceito e desrespeito”, além de utilizar as hashtags #SomosIguais e #FechadoComOTinga.