‘Torcedores’ invadem treino do Vasco e ameaçam jogadores

Grupo de aproximadamente 30 homens cobram elenco vascaíno

Por Bernardo Eyng – Rio de Janeiro

Os ânimos esquentaram no treino do Vasco na tarde desta terça-feira, em São Januário. Aproximadamente 30 torcedores invadiram o campo e fizeram ameaças aos jogadores. O grupo conversou com o elenco vascaíno por cerca de 20 minutos antes de deixar o gramado.

Os jogadores terminavam o aquecimento quando os integrantes de uma torcida organizada passaram pela comissão técnica, entraram no campo andando e se aproximaram aos poucos dos atletas. Irritados, se dirigiram aos jogadores em tom ameaçador, com dedos em riste. Mas em nenhum momento houve agressão física.

– Moleque, isso aqui é Vasco! – chegou a dizer um deles para o meia Philippe Coutinho.

em são januário, torcedores invadem treino do vascoIntegrantes de facção organizada ameaçam o atacante Élton (Foto: Jorge William/Globo)

O zagueiro Thiago Martinelli foi um dos que tentaram acalmar os torcedores. O técnico Celso Roth, o auxiliar Gaúcho e os membros da comissão técnica permaneceram afastados do campo, observando sem se envolver. No fim das contas, os jogadores formaram um círculo no centro do campo e escutaram as reclamações.

Depois do ‘papo’, os ‘torcedores’ deixaram o campo pacificamente.

A torcida vascaína está impaciente com a má fase vivida pelo time. Eliminado nas quartas de final da Copa do Brasil pelo Vitória, o Vasco é penúltimo colocado no Campeonato Brasileiro após três rodadas, com apenas um ponto. No último domingo, a equipe carioca foi derrotada fora de casa pelo Avaí, por 2 a 0. Na quinta-feira, o Vasco recebe o Internacional em São Januário, às 21h (horário de Brasília).