União Recreativa dos Trabalhadores (URT) é o novo time da 1ª Divisão do Mineiro

Quem não acredita em destino pode refletir seus conceitos. A URT, equipe de Patos de Minas, foi rebaixada em 2006 para o Módulo II e fez seu último jogo contra o Democrata GV. Na ocasião, a partida foi fora de casa e o time visitante perdeu por 5 a 2. De lá pra cá, vitórias, derrotas, alegrias, tristezas, porém, sempre no Módulo II do Campeonato Mineiro. Desta vez, foi diferente. Os jogadores e comissão técnica ficarão marcados pela torcida. 2013 cravou o retorno da torcida mais temida e do tradicional Trovão Azul à Elite de Minas Gerais.

E a volta da URT ocorreu justamente contra a última equipe que enfrentou quando estava na Primeirona: o time de Governador Valadares. Coincidências à parte, em 2013, o diretor Romero Meira foi um dos principais responsáveis pela formação do elenco. E em 2006, ele era presidente.

Torcida Organizada Poeira Azul, sempre presente no Zama Maciel

– Feliz demais. Sofremos muito quando fomos rebaixados. Lembro bem porque era o presidente do time e teve muita cobrança. Mas agora foi diferente. Nós retornamos e é muito bom dar alegria a esse torcedor que sempre nos apoiou – disse Meira.

Falando em torcida, ela sim, fez a diferença. Em uma competição onde a maioria dos jogos o público foi ínfimo, no estádio Zama Maciel se viu um apoio incondicional nas arquibancadas. Em muitos momentos, se o resultado não vinha na técnica, os adversários sentiam a pressão. Sem contar que, a URT, em 2013, não perdeu em casa.

Foram sete vitórias e um empate. Um estádio, uma torcida que fazem a diferença, mas que não para por aí. O comando técnico também tem que ser vangloriado. E o próprio treinador Luís Eduardo explica as glórias já conquistadas.

Técnico Luis Eduardo: com subida da URT, treinador soma 13 acessos

– Com este acesso da URT, coleciono ao todo 13 subidas na carreira. São sete para a Primeira Divisão e outros seis para a Segunda Divisão. A gente fica feliz e agradece o apoio da diretoria, torcida e vocês da imprensa – explicou.

No momento de conquista, se torna complicado citar os destaques do elenco. Foi um time vitorioso, cooperador e eficiente.

– Sem comentários. Um elenco de qualidade, que fez um trabalho sério, com dificuldades iguais a todos. Mas superamos todas elas no dia a dia com treinamentos e jogos. Pra mim, foi um prazer trabalhar na URT e espero voltar na Primeira Divisão – comentou o lateral-direito Iran.

O retorno de Iran e de outros atletas ainda é incerto. Até porque, a volta da URT em jogos profissionais só será em 2014. A diretoria já se pronunciou dizendo que não pretende disputar a deficitária Taça Minas Gerais no segundo semestre. Desta forma, muitas situações vão ocorrer até início da formação do plantel celeste para a próxima temporada.

Comissão
Presidente: Sergio Adriano Soares Vita
Diretor de Futebol: Romero Meira
Supervisor: Walter José de Sousa
Técnico: Luís Eduardo
Preparador físico: Gabriel Chagas e Tato
Preparador de goleiros: Éder Erlen
Massagista: Manoel Augusto Miranda-Manoelzinho
Mordomo: Carlos José Gonçalves-Carlão
Elenco
Goleiros: Cristiano, Wagner Bueno e Júnior
Laterais: Iran, Marcel e Andrezinho
Zagueiros: Ediê, Martinês, Rodrigo Antonelli, Fábio Paulista  eDiego Corrêa
Volantes: Tiago Lima, Marzagão, Zé Maria, Marcelino, Xandinho e Bianco
Meias: Cesinha, Jean Carlo, Vander, Emerson
Atacantes: Leandro Bocão, Robinho, Peri, Diogo Galvão e Daisson