2013: Provocação Tricolor

Antes de a bola rolar no Maracanã para Fluminense e Vasco, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, a torcida tricolor exibiu na arquibancada o primeiro mosaico do novo estádio. Assim que o time pisou em campo, o setor à direita das cabines de rádio logo se coloriu de verde, branco e grená. Em destaque, a frase “É o destino…” ironizava os vascaínos. A citação faz referência a uma música de torcida da época em que o Fluminense levava vantagem sobre o Vasco nos anos 80. No atual momento, a frase deve ter sido escolhida em razão da polêmica sobre o lado das torcidas no Maracanã. Após assinar com o consórcio que administra o estádio, o Tricolor se instalou no lado direito das cabines de rádio, local ocupado tradicionalmente pelos vascaínos. O Vasco venceu a partida pelo placar de 3 a 1 e a torcida deu o troco na mesma moeda, gritando “é o destino”.

Torcida do Fluminense exibe mosaico com a frase “É O DESTINO”

“Esse lado é nosso…”

A vitória do Vasco também marcou marcou a reestreia de Juninho Pernambucano, que está no clube de São Januário pela terceira vez. O Reizinho fez o primeiro gol da partida e, na comemoração, correu em direção à torcida do Fluminense dizendo que o lado onde os tricolores estavam na verdade era dos cruzmaltinos, por terem sido os primeiros campeões do Maracanã. Ao assinar o contrato de concessão para uso do Maracanã pelos próximos 35 anos, o Tricolor garantiu proioridade para ocupar o espaço na arquibancada.

Juninho comemora gol em sua reestreia pelo Vasco