Big Brother Brasília: áudio vaza com comentários de Felipão sobre derrota

Em conversa informal captada pelas câmeras da Fifa no gramado do Mané Garrincha antes da coletiva de imprensa nesta sexta-feira, o técnico Luiz Felipe Scolari mostrou que ainda tenta entender a derrota histórica do Brasil para a Alemanha por 7 a 1, na última terça-feira. Felipão chamou o resultado de “fatalidade” e disse que ele “não pode destruir um trabalho”

E afirmou que a Seleção, após ir para o intervalo perdendo por 5 a 0, poderia ter reduzido a diferença para apenas um gol com dez minutos do segundo tempo caso, segundo ele, a Seleção tivesse aproveitado as oportunidades criadas.

– Uma fatalidade não pode destruir um trabalho… Nunca mais, nem daqui a mil anos, cara. Eles foram sete vezes no primeiro tempo e fizeram cinco gols. Nos dez primeiros minutos do segundo tempo, se eu mostrar o teipe, nós criamos quatro chances de gol. Se nós tivessemos acertado as quatro ia estar 5 a 4 em dez minutos? Isso é coisa de louco para pensar. Não entendo, pô…

Felipão fala da goleada sofrida na semifinal antes da coletiva no Mané Garrincha

Felipão conversava à beira do gramado do Mané Garrincha com o zagueiro Thiago Silva e o diretor de comunicação da CBF, Rodrigo Paiva, e mais dois assessores da Fifa.

O Brasil se despede da Copa do Mundo neste sábado, em Brasília, enfrentando a Holanda na disputa do terceiro lugar. A partida começa às 17h.

 

Fonte: Revista Placar, Jornal dos Esportes, Jornal do Brasil, Jornal o globo, Tribuna de Minas e Arquivo Pessoal Márcio Guerra