Costa do Marfim segura pressão de Senegal e se garante na Copa de 2014

O torcedor brasileiro pode comemorar: ele poderá ver os craques Didier Drogba e Yaya Touré ao vivo e em cores a partir de junho de 2014. Mas não pense que foi fácil para a Costa do Marfim, pressionada durante todo o jogo por Senegal até conseguir o gol de empate por 1 a 1, nos acréscimos, neste sábado, no Estádio Mohamed V, em Casablanca, e assim garantir a vaga na próxima Copa do Mundo.

Costa do marfim de Drogba empata com o Senegal e vai disputar a Copa do Mundo no Brasil

A derrota por 1 a 0, diga-se, já serviria aos Elefantes, que venceram por 3 a 1 o confronto de ida, disputado no mês passado. O gol de Salomon Kalou, no contra-ataque, aos 48 minutos do segundo tempo, porém, deu fim aos seguidos sustos dos mandantes. A partida foi disputada no Marrocos devido à pena imposta pela Fifa ao Senegal por conta dos episódios violentos que aconteceram na última Copa Africana de Nações. Moussa Sow havia aberto o placar em pênalti cometido por Drogba aos 32 da etapa final.

Esta será a terceira participação da Costa do Marfim em Copas do Mundo – coincidentemente, de forma consecutiva. Resta saber se o país terá melhor sorte no sorteio, a ser realizado no dia 6 de dezembro, na Costa do Sauípe, na Bahia. Em 2006, Drogba e companhia tiveram de jogar com Argentina, Holanda e Sérvia e Montenegro, enquanto 2010 reservou uma chave com Brasil, Portugal e Coreia do Norte.

Torcida de Costa do Marfim celebra vaga que garante a terceira participação do país na Copa

Por enquanto, apenas duas seleções africanas garantiram suas respectivas vagas na Copa. Além da Costa do Marfim, a Nigéria também se classificou após derrotar a Etiópia por 2 a 0 neste sábado. Como havia vencido por 2 a 1 fora, as Super Águias estarão no Brasil. Camarões x Tunísia (domingo) e Egito x Gana e Argélia x Burkina Faso (ambos na terça) são os outros confrontos do continente.

Sobram apenas nove vagas para a Copa de 2014. Além das três restantes africanas, há ainda quatro seleções europeias e duas de repescagens mundiais – Uruguai e México são favoritíssimos após golearem Jordânia e Nova Zelândia, por 5 a 0 e 5 a 1, respectivamente. Todas as decisões serão realizadas até quarta-feira.