Despedida do Beckham

David Beckham, que está se aposentando do futebol, despediu-se da torcida
do Paris Saint-Germain de forma emocionante, no Parques dos Príncipes, com
a vitória sobre o Brest por 3 a 1. O clube não confirma que esta tenha sido
a última partida oficial do inglês, mas pelo choro do jogador nos minutos
finais, além da festa após a partida, tudo leva a crer que ele não deverá
estar em campo contra o Lorrient na rodada final do Campeonato Francês.
Beckham, que disputou 14 partidas com a equipe, ganhou de presente do
técnico Carlo Ancelotti a faixa de capitão, sendo o sétimo jogador do clube
a ter a honraria na temporada. Os pais, a esposa – a ex-Spice Girl Vitoria
– e os quatro filhos do casal estavam nas tribunas. Em campo, o
posicionamento imposto pelo comandante italiano impediu que a estrela da
noite brilhasse. Atuando mais recuado, como distribuidor do jogo, o meia
pouco fez, mas no segundo tempo resolveu arriscar mais dos seus
tradicionais lançamentos, mostrando os últimos lampejos de seu talento aos
torcedores.
O Paris Saint-Germain conquistou o Francês no último fim de semana na
vitória por 1 a 0 sobre o Lyon, dando fim ao jejum de 19 anos sem levantar
a taça. O último compromisso da temporada será no próximo domingo, longe de
Paris. Neste sábado, o time chegou a 80 pontos, contra 70 do segundo
colocado Olympique.
Quando Lavezzi se postou ao lado do quarto árbitro para entrar como
substituto, aos 36, Beckham começou a chorar. Mas antes de o camisa 32
deixar o campo, o Brest diminuiu com Benschop, que entrou por trás da
defesa e chutou cruzado. A substituição aconteceu dois minutos depois, e o
jogo simplesmente parou. Todos os jogadores do PSG foram em direção ao
inglês para cumprimentá-lo. Lucas foi além e fez um sinal de reverência. O
estádio ficou de pé para os últimos aplausos.
Após o apito final, o inglês voltou a campo para agradecer ao público. Os
companheiros aproveitaram a oportunidade e o jogaram para o ar, em gesto
que tradicionalmente é feito com os treinadores em dia de título.