Herói do acesso, Ademilson fica até 2019