Morte de Jorge Curi

RIO – (AJB) O locutor esportivo Jorge Curi, atualmente da equipe da radio Tupi, morreu hoje vitima de um acidente de automóvel perto de Pouso Alto, Minas.

      Curi ia passar o natal com a família, em Caxambu, sua terra natal, quando sobreveio o acidente.

      Em sua última aparição na TV, no final de semana, Curi deu rápida entrevista quando comentou a situação da Seleção Brasileira

     –  Seleção? Simplesmente não há seleção, disse o famoso locutor esportivo, fazendo critica aos dirigentes do futebol brasileiro, que até agora não escolheram o técnico do selecionado que irá disputar a Copa do Mundo no México, no próximo ano.

      Jorge Curi culpou o ´´ Capital Estrangeiro “ e a constante desvalorização do Cruzeiro, como fator principal para desinteresse dos jogadores e dos técnicos brasileiros continuarem trabalhando aqui.

     – O Cruzeiro se desvaloriza e os times estrangeiros acenam com contratos fabulosos, atraindo técnicos e jogadores e ninguém pode recusar. Ninguém quer deixar de ficar rico. O dólar atrái, disse Jorge Curi

     Jorge Curi tinha 64 anos e desde os anos 40 trabalhava no rádio, tendo atuado durante muitos anos na rádio Nacional do Rio de Janeiro, não só como locutor esportivo como diretor do departamento de esportes da emissora, onde foi também animador de várias outras emissoras, entre elas a Globo, de onde no ano passado se transferiu para rádio Tupi.

    Nessa sua última e improvisada entrevista Curi disse que já havia participado de nove Copas do Mundo

   – Quero participar da décima. E para mim será a última.

Jorge Curi (Caxambu25 de fevereiro de 1920 – 23 de dezembro de 1985)