No último jogo, não havia mais “joão”