Romário faz primeiro coletivo com a camisa do Tupi

Jogador não goleou, mas foi aplaudido pelos poucos torcedores presentes

Romário chegou às 12h ao estádio Radialista Mário Helênio. Sem falar com a imprensa, o Baixinho foi direto para o vestiário e logo se juntou ao restante do grupo que o aguardava no centro do gramado.

No encontro com os novos companheiros, até certo ponto tímido, Romário foi apresentado pelo diretor Alemão que deu boas vindas ao craque. Logo, ele foi fazer alongamentos com o preparador físico do clube Ary Afonso.

Se a certa timidez imperou entre os poucos segundos de olhos nos olhos com o restante do grupo, a intimidade foi surgindo quando a bola começou a rolar. Atuando por todo o treino, a cada aproximação com algum jogador, Romário fazia questão de cumprimentar o novo companheiro.

Pedindo a bola e gesticulando, o craque, aos poucos, já chamava os jogadores pelo nome. Com três chances de deixar o seu gol, duas de cabeça e em um chute por cima do gol, Romário não conseguiu balançar as redes no coletivo em que o time titular perdeu por 4 a 1.

Se o gol não saiu, pelo menos o Baixinho foi aplaudido pela torcida pelos toques, passes, e quando enganava os zagueiros deixando a bola passar por entre as pernas.

No intervalo do coletivo, Romário se reuniu com dirigentes e com o advogado do clube para conversar sobre a situação que o impede de atuar pelo Tupi. O Baixinho vai tentar conversar com representantes da CBF e pedir sua liberação. Após o treinamento, Romário foi direto para o vestiário e saiu separado do restante do elenco.

O “Peixe” seguiu para o seu habitat natural, o Rio de Janeiro, e amanhã estará de volta para o seu segundo coletivo. Enquanto não se resolve se ele fica ou não para a Taça Minas, Romário e o Tupi assinaram mais um capítulo em suas histórias.

Os times que iniciaram o primeiro coletivo de Romário no Tupi

Titulares: Marcelo, João JR, Róbson JR e João Paulo; Zé Carlos, Róbson, Pires, Jean e Vanderlei (Gol); Agamenon e Romário. Time 2: Renan, Ederson, Domingos, Marcão e Júnior Negão; Gilson (Gol), Yuri, Carioca e Juninho (Gol); L.Guerreiro (Gol) e Cinézio (Gol).