Trânsito

por Leonardo Bertozzi

 A partida entre Stockport e Wolverhampton, pela Segunda Divão do Campeonato Inglês, estava para começar. Mas onde estava Ian Moore? O centroavante do time da casa não havia aparecido para o jogo. O Stockport não costuma se concentrar antes dos jogos em seu estádio, e os jogadores costumam se encontrar no local da partida.
 Enquanto a torcida do Stockport desesperava com ausência de seu principal jogador, o Wolverhampton terminava o primeiro tempo vencendo por 2 a 1. No vestiário, durante o intervalo, Ian Moore aparecia para surpresa de todos. ´´Estava preso no trânsito“- disse Moore.
 O técnico do Stockport não teve dúvidas. Mandou Moore vestir o uniforme e entrar em campo. A torcida fez a festa ao ver o time voltar para campo. Aos 6 minutos do segundo tempo, Moore marcou o gol de empate. E já nos descontos, aos 46, o mesmo Moore deu a vitória ao Stockport. A torcida foi ao delírio e não se cansou de gritar o nome do ídolo.
 O técnico John Ward, do Wolverhampton, só podia se lamentar: ´´Uma pena que ele não tenha ficado preso no trânsito por mais tempo“.