Verdão convoca a torcida para o clássico de amanhã

Amanhã é dia de jogão no Estádio Procópio Teixeira! O Sport Club Juiz de Fora enfrentará o Tupi, às 15h, em jogo válido pela oitava rodada do Campeonato Mineiro. Para os jogadores, a presença da torcida é fundamental para o Verdão  conseguir um bom resultado e manter a liderança do Grupo C. “Queremos convocar todos os torcedores do Periquito para apoiar a nossa equipe no confronto deste sábado. O Tupi tem qualidade e vai querer ganhar de qualquer maneira, já que o nosso time conseguiu a vitória no primeiro turno. A partida promete, pois, mais uma vez, vamos entrar com muita raça para ganhar outro clássico”, declarou Geovanni Azalin. O valor do ingresso para assistir a partida é de cinco reais. Os sócios do Clube da Avenida pagam apenas três reais.

O técnico Rafael Novaes está com vários desfalques para a partida. O volante Rodrigo, o meia Philip e o atacante Jorge Lucas foram expulsos no último jogo e irão cumprir suspensão. Além dos três jogadores, o treinador também pode ter a ausência do zagueiro Sargento, que se recupera de uma lesão no tornozelo. “Só vou definir a escalação minutos antes do confronto. Testei duas formações durante a semana e estou com algumas dúvidas no setor defensivo e no ataque”, afirmou. Segundo Novaes, o Sport terá que jogar com inteligência para vencer o rival: “O time não pode entrar nervoso em campo. Teremos uma equipe com muitos jogadores jovens, por isso, os mais experientes deverão transmitir tranquilidade aos companheiros e comandar o ritmo de jogo da equipe”.

Nesta sexta-feira, o treinador comandou um treinamento de posicionamento com os atletas. Rafael acertou a aproximação do setor de meio de campo com o ataque. Após a atividade, os jogadores realizaram um treino recreativo no campo society do Clube da Avenida.

Ficha técnica

Sport Club Juiz de Fora x Tupi

Estádio Procópio Teixeira

07–05–11 – 15h

Juiz de Fora

Sport Club JF: João Paulo (Romerson); Maicon, Luz Felipe, Diulian (Sargento) e Douglas Carioca; Júlio, Zé, Geovanni Azalin, Hugo Negão e Vitinho (Samuel); Michel.

Técnico: Rafael Novaes

Fonte: Revista Placar, Jornal dos Esportes, Jornal do Brasil, Jornal o globo, Tribuna de Minas e Arquivo Pessoal Márcio Guerra