Zagueiro vai para o gol e garante vaga de time búlgaro na disputa de pênaltis

O Ludogorets Razgrad conseguiu uma classificação épica para disputar a fase de grupos da Liga dos Campeões pela primeira vez em sua história. Após perder por 1 a 0 para o Steaua Bucareste na partida de ida, o time búlgaro deu o troco na mesma moeda, nesta quarta-feira, em casa, e levou a decisão dos playoffs para a prorrogação. Foi quando o goleiro Vladislav Stoyanov recebeu o cartão vermelho, e o zagueiro Cosmin Moti recebeu a missão de defender a meta búlgara na disputa de pênaltis. Ele marcou, defendeu duas cobrança, sua equipe venceu por 6 a 5 e avançou de fase.

Toda essa história só foi possível porque brasileiro o Wanderson abriu o marcador aos 44 da etapa final. O empate sem gols dava a classificação aos romenos, mas o gol do brasileiro levou para a prorrogação, dando sobrevida aos búlgaros.

Cosmin Moti é o herói do Ludogorets ao pegar dois pênaltis contra o Steaua Bucarest

Já no final do tempo extra, o português Fernando Varela teve a chance de marcar para os romenos, mas sofreu a falta de Vladislav Stoyanov, expulso pela infração.

Como o Ludogorets já havia feito as três alterações, o jeito foi colocar o zagueiro-herói para defender a meta no desempate. Após converter a sua cobrança logo no início da disputa, ele defendeu dois pênaltis, um deles o último dos adversários, dando contornos épicos à classificação inédita.

As próximas partidas da Champions League, assim como as oito chaves da competição europeias, serão conhecidas em sorteio realizado nesta quinta-feira, às 12h45 (de Brasília). Além do Ludogorets, outras nove equipes se classificaram nos playoffs, se juntando às outras 22 que haviam garantido vaga direta na fase de grupos do torneio.

Goleiro Vladislav Stoyanov, do Ludogorets, é expulso minutos antes da disputa de pênaltis

Ex-time de Ibra se classifica com golaço

Em outro jogo da rodada, o Malmö, ex-time de Ibrahimovic na Suécia, se classificou para a fase de grupos com direito a um golaço na vitória por 3 a 0 sobre o RB Salzburg. Após Rosenberg abrir o marcar de pênalti, Eriksson acertou um lindo chute de fora da área que lembrou os melhores tempos de Ibra. Como havia perdido por 2 a 1 na Áustria, avançou de fase com o resultado agregado de 4 a 2. O Bayer Lverkusen também avançou com o triunfo por 4 a 0 sobre o Copenhague.

Fonte: Revista Placar, Jornal dos Esportes, Jornal do Brasil, Jornal o globo, Tribuna de Minas e Arquivo Pessoal Márcio Guerra