2013: Técnico argentino é demitido após agredir torcedor do próprio time

Uma briga com um torcedor custou o emprego de um treinador na primeira divisão do Campeonato Argentino. Nelson Vivas, do Quilmes, não suportou os insultos de um senhor na arquibancada e saiu correndo para agredi-lo, no final do empate em 1 a 1 com o Atlético Rafaela, na última sexta-feira. Vivas foi contido por policiais e flagrado por várias câmeras de TV.

A atitude gerou um mal-estar entre Vivas e a direção do Quilmes, que preferiu demiti-lo. O treinador se disse arrependido da agressão e se despediu do clube no treino de segunda-feira. Deixou, no entanto, sua defesa ao alegar que o torcedor lhe dissera “barbaridades” e o molestara por 90 minutos.

Blas Giunta foi anunciado o novo comandante do time, que está em 16ª na tabela do torneio nacional, com 14 pontos. A equipe enfrenta o Estudiantes nesta quarta-feira, em Ciudad de La Plata, pela 13ª rodada.

Nelson Vivas é contido por policiais

Fonte: Revista Placar, Jornal dos Esportes, Jornal do Brasil, Jornal o globo, Tribuna de Minas e Arquivo Pessoal Márcio Guerra