Amarildo – “O Possesso”

Amarildo é um dos nomes que não pode ser esquecido na história da Seleção Brasileira. Embora não fosse um craque, na acepção da palavra, teve um papel marcante na Copa do Mundo do Chile, em 1962, quando o Brasil ganhou o bicampeonato mundial. No dia 31 de maior de 1962, ele teve a difícil missão de substituir Pelé. Na partida anterior, o Brasil jogou contra a Tchecoslováquia e Amarildo estava na arquibancada, torcendo pelo time quando viu Pelé se contundir. Em princípio pensou que fosse uma contusão tola, depois percebeu a gravidade da contusão de Pelé e da sua responsabilidade em substituir o Rei do futebol na semifinal, diante da Espanha. E coube a ele, Amarildo, a façanha de marcar os dois gols do Brasil na vitória de 2 a 1. Os espanhóis venciam até os 28 minutos do segundo tempo, quando Amarildo iniciou e concluiu a virada.

O atacante Amarildo atuou pelo Fogão e também pela Seleção Brasileira, substituindo Pelé, em 1962