Flamengo devolve goleada

Quase nove anos depois, exatamente a 8 de novembro de 1981, o Flamengo devolveu a goleada de 6 a 0 ao Botafogo, com o requinte do olé. Naquela tarde, Zico, Adílio, Andrade, Lico e seus companheiros levaram a torcida rubro-negra à loucura, com o Maracanã recebendo o excelente público de 69.051 pagantes. Por capricho do destino, um jogador que disputara a histórica partida de 72 estava em campo. Desta vez, Jairzinho experimentou o amargo sabor da desforra.

Zico foi o grande algoz do Botafogo maquela tarde de domingo. Fez três dos seis gols, esbanjou talento, levou sempre a melhor sobre os atônitos zagueiros alvinegros e sentiu a força de uma torcida apaixonada, capaz de delírio, ao ser atendida na súplica de “queremos seis”. No primeiro tempo, o Flamengo já vencia por 4 a 0, com atuação impecável e de gala.

Depois, bastou administrar, buscando os outros dois gols com paciência, até chegar aos 6 a 0, que bem poderia ser mais – aliás, o mesmo que aconteceu favoravelmente ao Botafogo em 72. Além de Zico, Nunes, Adílio e Andrade completaram o marcador. Este último, atendendo o apelo da torcida.

O mineiro Édson Alcântara do Amorim foi o árbitro do jogo, no qual os times tiveram estas formações:
Flamengo – Raul; Leandro, Figueiredo, Mozer e Júnior; Andrade, Adílio e Zico; Tita, Nunes e Lico.
Botafogo – Paulo Sérgio; Perivaldo, Gaúcho, Osvaldo e Jorge Luís; Rocha, Mendonça e Ademir Lobo; Édson Capergiani (Jairzinho), Mirandinha e Ziza.