Neymar lança chuteira no Rio e se diz ansioso com o Barça: ‘Frio na barriga’

Horas antes de se apresentar à seleção brasileira, Neymar ganhou um adereço para a disputa da Copa das Confederações: a chuteira Hypervenom, fabricada pela mesma empresa de material esportivo que patrocina o time canarinho. Entrevistado pelo ator da TV Globo, Lázaro Ramos, o jogador falou da ida para o Barcelona e de que a amarelinha não vai pesar durante as próximas competições.

– Responsabilidade grande. Sonho de criança que estamos realizando. Muita gente diz que pesa, mas tem que colocar a camisa do Brasil como se estivesse jogando no quintal de casa. Vamos nos apresentar para fazer uma boa Copa das Confederações e deixar todo mundo feliz. Quero dar o melhor, ajudar a Seleção. Seja com um passe, com um carrinho. Temos que nos unir. O futebol brasileiro é um dos melhores do mundo e continuará sendo. Temos jogadores talentosos que podem nos levar ao topo – disse o jogador, que também apresentou a nova camisa preta da Seleção (uniforme que não será usado em partidas, apenas vendido em lojas por R$ 170.

Sobre o Barça, Neymar voltou a falar do desafio que será atuar ao lado de Messi, Xavi, Iniesta & cia. Admitiu ansiedade para chegar ao clube, mas que o momento é de se concentrar com a Seleção.

– Sensação é de frio na barriga. Ainda sinto isso. Estar realizando o sonho de jogar com vários craques. Messi, Xavi, Iniesta, Adriano, Daniel Alves…. Estou ansioso para chegar lá, mas quero focar na Copa das Confederações para tentar conquistar esse título para o Brasil.

O jogador comentou ainda a dificuldades para decidir sobre o futuro.

– Foi difícil, mas foi uma decisão feita com a minha família. Está sendo um sonho realizado. Feliz por um lado, mas triste por deixar o meu time de coração. Feliz de estar indo para um novo desafio. Estou realizando um sonho e espero que tudo corra bem.

O lançamento da chuteira aconteceu em grande estilo no Rio de Janeiro. Em um galpão no bairro da Saúde, próximo ao Centro da cidade, a empresa promoveu um evento com o craque, recém-contratado pelo Barcelona.

Antes da entrada triunfal do jogador, o cenário, todo cercado por telões que retratavam uma jaula, mostrava uma serpente circulando pelo local. Quando as luzes se apagaram, Neymar, com a camisa da Seleção, vestiu os novos calçados para os cliques dos fotógrafos.

– Eu estou pronto. E você? – perguntou o atacante aos presentes.

Em seguida, Trevor Edwards, da Nike, entrou em cena para falar da Seleção e do projeto elaborado pela empresa de material esportivo. Outros garotos-propagandas brasileiros apareceram no telão, entre eles Ronaldo Fenômeno.

– Calma. Fiquem tranquilos. Ele (Neymar) vai voltar – brincou.

Na sequência, outro executivo da Nike, Mike Lotti, falou do talento de Ronaldo, um dos primeiros brasileiros a representar a empresa, e da evolução da chuteira usada pelo Fenômeno desde 1998.

O representante da empresa mostrou ainda imagens de Neymar no momento da produção do novo calçado da fornecedora de material esportivo.

Questionado sobre o sonho de defender a Seleção, Neymar falou de ídolos do passado e do presente, entre eles Robinho, hoje no Milan.

– Sonho de ser um Ronaldo, um Ronaldinho Gaúcho… Sempre foram as minhas referências. O meu ídolo maior é o Robinho. Por ser de Santos e estar sempre acompanhando.

A estreia da chuteira acontecerá no próximo domingo, no amistoso entre Brasil e Inglaterra, no Maracanã. Será a primeira vez que Neymar utilizará o calçado antes das Confederações, que será disputada entre 15 e 30 de junho.

– Participei de algumas situações. Usei vários protótipos até chegar ao correto. A chuteira tem que ser confortável, para te deixar tranquilo.

A chuteira não será exclusiva de Neymar. Outros jogadores também vão utilizar o modelo fabricado pela Nike: o alemão Mario Götze e o inglês Wayne Rooney.