Marketing Esportivo: ISL deixa prejuízo de R$300 milhões

A ISL, empresa de marketing esportivo que atuou no Flamengo e Grêmio, em 1990, decretou falência em 2001, deixando um prejuízo de 300 milhões.

Fonte: Revista Placar, Jornal dos Esportes, Jornal do Brasil, Jornal o globo, Tribuna de Minas e Arquivo Pessoal Márcio Guerra