Monterrey campeão da Liga dos Campeões

Para delírio de sua torcida, o Monterrey derrotou nesta quarta-feira o
Santos Laguna por 4 a 2, de virada, e conquistou o tricampeonato da Liga
dos Campeões da Concacaf. Além do título consagrador, Los Rayados comemoram
a vaga para o Mundial de Clubes, que será disputado em dezembro, no
Marrocos. Pela segunda vez consecutiva, o Santos amarga o vice e fica no
quase.

Após conseguir um empate sem gols em Torreón no confronto de ida, o
Monterrey precisava de uma vitória simples em casa, diante de seu
apaixonado torcedor, para confirmar o tri, mas a tarefa foi muito mais
árdua e dramática do que se imaginava. Darwin Quinteros, aos 39 minutos do
primeiro tempo, abriu o marcador para o Santos, calando o estádio
Tecnológico.
Logo no início da etapa final, aos cinco minutos, o zagueiro panamenho
Felipe Baloy, ex-defensor do Grêmio e do Atlético Paranaense, ampliou para
um surpreendente 2 a 0. Sem alternativas, o time local partiu para cima do
rival mexicano e, aos 15, conseguiu reduzir, com Aldo de Nigris.
Em busca da igualdade, Los Rayados pressiovam, mas o tempo foi passando e
a bola não entrava. Na base da raça, o Monterrey finalmente conseguiu o
empate aos 39, por intermédio de Neri Cardozo. E, para delírio dos
torcedores, dois minutos depois novamente De Nigris marcou e virou o
marcador. Já indo para os acréscimos, o chileno Humberto Suazo tez o quarto
aos 45, e selou o triunfo e o tricampeonato da Champions da Concacaf.